Coletâneas Inesquecíveis: Frank Sinatra – The Capitol Years (EMI-Capitol, 1990)

Como intérprete, Frank Sinatra dispensa comentários. Mesmo com toda as polêmicas em que se envolveu, o norte-americano de Hoboken foi, é e ainda será a grande voz da América. E é quase unanimidade entre seus fãs que sua fase mais brilhante foi a qual esteve ligado ao selo Capitol Records, de 1953 a 1962. E foi com essa vantagem nas mãos que a gravadora pôs, em 1990, o estojo de 3 CDs intitulado “The Capitol Years”.

Continue lendo “Coletâneas Inesquecíveis: Frank Sinatra – The Capitol Years (EMI-Capitol, 1990)”

Post Destacado

Grandes Discos: Os Incríveis – Para os Jovens que Amam os Beatles, Rolling Stones e… Os Incríveis (RCA, 1965)

O álbum abre com chave de ouro a estréia da banda recém intitulada Os Incríveis – antes, foram The Clevers, de 1962 a 1965 – na gravadora RCA, selo bastante popular mas com um certo refinamento. A banda paulista foi, sem dúvida, a mais talentosa e bem afinada – como os The Jordans, os Youngsters e os Fevers – banda da Jovem Guarda. E “Para os Jovens…” é, sem dúvida, um dos momentos mais efêmeros e decisivos do Rock Brasileiro.

Continue lendo “Grandes Discos: Os Incríveis – Para os Jovens que Amam os Beatles, Rolling Stones e… Os Incríveis (RCA, 1965)”

Post Destacado

Grandes Discos: Renato & Seus Blue Caps – Viva a Juventude! (CBS, 1965)

“Viva a Juventude” marca a estréia em Long Play de Renato & Seus Blue Caps na CBS, depois de um compacto duplo lançado em 1964, na mesma gravadora. Até então, haviam gravado 2 LPs para o selos “Copacabana” e “Som”, da Copacabana Discos, além de alguns 78 rotações neste selos e na esquecida etiqueta “Ciclone”.

Continue lendo “Grandes Discos: Renato & Seus Blue Caps – Viva a Juventude! (CBS, 1965)”

Post Destacado

Arranjadores: Percy Faith

Percy Faith jamais pode ser esquecido quando se fala dos maiores arranjadores e compositores de todos os tempos. A sua contribuição para o Easy Listening com orquestrações soberbas como “Theme From a Summer Place”, “Delicado” e a nossa “Aquarela do Brasil” ficaram marcadas na história da música. Percy soube, como poucos, atrair o público de massa trazendo arranjos palatáveis com o gosto tradicional, mas sem perder o bom gosto e a genialidade.

Continue lendo “Arranjadores: Percy Faith”

Grandes Discos: Ivan Lins – Ivan Lins, Agora (Forma/C.B.D., 1971)

A trajetória musical de Ivan Guimarães Lins começa em 1963, após assistir uma apresentação do Tamba Trio no programa de televisão de Bibi Ferreira na TV Excelsior. Isso o fez aprender a tocar piano, se tornando autodidata. A partir de 1965, apaixonado pela Bossa Nova, forma o Alpha Trio, no qual foi pianista e que teve como baixista o falecido diretor de TV Roberto Talma.  Em 1968, tem sua primeira composição interpretada por um artista – o sambista Cyro Monteiro defendeu o samba partido-alto “Até o Amanhecer”, parceria de Ivan com Waldemar Correia, no Festival Universitário exibido pela TV Tupi em 1968. “Até o Amanhecer” também foi sua primeira música a ser gravada, fato realizado pela cantora Myrna, em obscuro compacto gravado para o selo Chantecler em 1969.

Continue lendo “Grandes Discos: Ivan Lins – Ivan Lins, Agora (Forma/C.B.D., 1971)”

Grandes Discos: Renato & Seus Blue Caps – Isto É Renato & Seus Blue Caps (CBS, 1965)

É a partir desse álbum que a banda Renato & Seus Blue Caps apresenta uma estética sonora que se padronizou até os dois álbuns seguintes. Além disso, é o álbum no qual se firmaram como o conjunto de maior sucesso do País, além de serem escalados quase todo domingo para se apresentarem no programa “Jovem Guarda”, comandado pelos amigos Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa para a TV Record.

Continue lendo “Grandes Discos: Renato & Seus Blue Caps – Isto É Renato & Seus Blue Caps (CBS, 1965)”

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora